MARIA DE MEDEIROS apresenta ROMA, CIDADE ABERTA, de Roberto Rossellini no cinema Monumental

Propusemos à (maravilhosa e nossa actriz fetiche) Maria de Medeiros escolher um filme para apresentar nos fins-de-semana do Monumental e a actriz escolheu ROMA, CIDADE ABERTA, obra-prima de Rossellini, filme que inaugura esteticamente o cinema do pós-guerra, onde vemos uma Anna Magnani, portentosa, a pôr em cena o amor e o sacrifício. Este filme que, à altura, deixaria Ingrid Bergman extasiada, fazendo-a procurar Rossellini para projectos futuros, poderá ser visto, agora em cópia restaurada, no próximo domingo, 28 de Abril, às 16h00, em sessão única e imperdível.

>>
  Ciclo Bibi Andersson do Outro Lado do Espelho no Teatro Campo Alegre

Berit Elisabeth Andersson / Bibi Andersson nasceu a 11 de Novembro de 1935, em Estocolmo, e morreu esta semana, a 14 de Abril, com 83 anos.

Como escrevia o Guardian, “muitas vezes, o facto de um actor ter trabalhado regularmente com o realizador sueco Ingmar Bergman, quando é lembrado e celebrado nunca esquecemos essa ligação”. E, no caso de Bibi Andersson, que começou com Bergman ainda adolescente num reclamo para televisão, e com ele trabalhou também no teatro, apesar de ter feito vários filmes com outros realizadores, os seus grandes papéis, aqueles que nos vêm mais rapidamente à memória, são indissociáveis da obra do realizador sueco, com o qual colaborou numa mão cheia de obras-primas e outra de quase igual calibre.

>>
Fins-de-Semana no CInema Monumental

 

O cinema Medeia Monumental tem uma programação especial aos fins-de-semana.

Ver